Quintal – Filho dos Livres

Quintal

Pare, olhe e pense:
Já tem uns vinte anos
que um homem alertou sobre isso aqui;
Aceite, mas não deixe
Mudar essa paisagem que outrora talvez fosse um litoral.

Eu só te peço pra cuidar,
Cuidar do meu sul do Pantanal,
Eu só te peço pra cuidar.
Deixa a ele encher, esvaziar,
Deixa a ele encher, pra navegar,
Deixa a ele ser Pantanal.

Faça, aconteça
Alguma atitude bem correta
Pra manter o meu quintal!
Eu sempre insisto:
Lembrar as coisas boas
que fizeram conservar o fluvial.

Venha e assista
Da ponte o pôr-do-sol maravilhoso
Sobre o rio Paraguai.
Venha, se permita
Na ponte o pôr-do-sol maravilhoso!
Hoje estou em Corumbá.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: